10 PASSOS PARA O CONTROLE DA INADIMPLÊNCIA NO CONDOMÍNIO

Segundo dados divulgados pela Revista Exame, em março de 2017, 30% dos brasileiros não pagaram suas obrigações em dia[1]. Em relação às taxas de condomínio, a inadimplência não é diferente. Isso porque, em razão dos baixos encargos aplicáveis, como multa de 2% e, na maioria dos casos, juros de apenas 1% ao mês, é preferível pagar primeiro a prestação do carro, o cartão de crédito ou o cheque especial, cujos os juros anuais podem facilmente chegar ao patamar de 329,48% . De fato, o síndico deve atentar-se quanto às medidas para implementar a reeducação do devedor. Assim, além de velar pela proibição de participação do devedor nas assembleias condominiais e nas deliberações (conforme possibil

Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Basic Square
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon

© Todos os direitos reservados ao escritório Avelino e Oliveira Advogados Associados S/S